Total de visualizações de página

quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Ser ou não ser? Eis a questão!

Então pra você minha amiga enrustida, que está passando por essa situação:
Você que anda confusa,
que anda tendo sonhos eróticos com peitos,
que ainda não sabe se gosta mais do sushi ou da linguiça,

SEUS PROBLEMAS "SE-ACABARAM-SE"! Chegou o mais novo e Revolucionário STST - Super Teste Sapatônico Tabajara!

Respondendo à essas simples perguntas, você vai finalmente descobrir se você prefere a salada com ou sem palmito. Então vamos lá:


- SHANE:

a) é a tradução de Xana em Inglês
b) está para os Seriados Lésbicos assim como José Mayer esta para a novela das 8
c) Quem?
d) é uma magrela quase anorexica descabelada que comeu todo mundo em um seriado de TV aí 
e) é o prefixo da expressão "pega eu?"

- Você está numa balada, chega um carinha até bonitinho e começa a dar em cima de você. Numa situação dessa, você fala:

a) desculpa, tenho namorado (imaginário) 
b) desculpa, tenho Namorada.
c) Mermão, VAZA!
d) Ignora ele
d) até conversa com o carinha, vai que você não arruma nada melhor mesmo, pelo menos ele te paga umas cervejas, e com sorte o trouxa te da uma carona pra casa.
e) "porra brother, olha aquela gata ali. Gostooosa pra caralho".


- "Já comi" foi a ilustre frase dita por:

a) Thammy Gretchen sobre Júlia Paz
b) Thammy Gretchen sobre a maioria das globais
c) Ivete Sangalo sobre Xuxa
d) Marlene Matos sobre Xuxa
e) Xuxa sobre Marlene Matos e Ivete Sangalo (juntas)
f) Lucas Lima sobre a virginal Sandy (há controvérsias)

O dedo médio (vulgo pai de todos) serve para:

a) Qual é o dedo médio mesmo? 
b) Mostrar cotoco.
c) Mostrar cotoco e comer outras pessoas
d) Mostrar cotoco e comer a mim mesma
e) Eu uso outro dedo
f) É um substituto eficiente do Pênis se unido aos dedos vizinhos


- Ex-Lésbica

a) Angelina Jolie
b) Diz a Lenda que existe
c) eu mesmo nunca vi
d) Júlia Paz, que virou evangélica e casou na igreja de branco depois de subir na vida as custas da Thammy Gretchen
e) É possível mesmo? Tem cura então? Nossa, mamãe vai ficar tão feliz ao saber disso.


- Ao ver a imagem abaixo, a primeira coisa que você pensa é:



a) vém nenem
b) se eu ficar de 4 também, de costas para ela, e balançar a bundinha, dá pra gente ficar se roçando. Ai delícia.
c) Penso em pegar a minha cinta com o Vibra acoplado.
d) Nossa, acho que estou ligeiramente excitada.
e) Esses tarados da internet não perdoam mesmo. Até vendo desenho tem gente que se excita. Bando de pervertidos. Vão arder no inferno.


- Se você tivesse um Pênis apenas por um dia, você:

a) Mijaria em pé
b) Bateria um punheta
c) Comeria uma mulher
d) Comeria várias mulheres
e) rezaria pra esse dia acabar logo, afinal, estar perto de um pinto, ninguém merece!

- a Hebe Camargo é:

a) Lésbica: ela dá selinho em mulheres.
b) Bi-sexual: ela dá selinho em homens e mulheres.
c) Puta: ela só faz isso pelo dinheiro.
d) uma velha Safada: ela adooora!
e) a Hebe Camargo? Serááá?


- Pra você, toda mulher é:

a) Lésbica até que se prove o contrário
b) Bi até que se prove o contrário
c) Hétero até que se prove o contrário
d) caiu na rede é peixe!


- Entendida

a) É a mulher que entende de tudo
b) É a sapatão que tem vergonha de falar que é sapatão e fala que é Entendida
c) Acho que aquela menina do trabalho é.
d) É aquela que não se faz de desentendida


- As vezes você se pega olhando para a bunda de outras meninas:

a) Nunca
b) O que que Tem? todo mundo faz isso.
c) Prefiro olhar pros peitos.
d) Sim, mas só para fins de comparação com a minha. (Acredite se quiser ainda passa na TV também)


- A melhor posição sexual do mundo é:

a) 69
b) Mamãe-Mamãe
c) "Lá em casa, na cama, tirando a roooupa"
d) Qualquer uma desde que ela me chupe
e) Qualquer uma desde que eu chupe ela


- Você já teve vontade de pegar nos peitos de outra mulher

a) Todo dia
b) Toda Hora
c) Nunca, nunquinha. Afinal, eu tenho os meus.
d) Duvido! (para aquela amiga que respondeu letra "c")

Os homens servem para:

a) trocar o pneu
b) matar barata
c) trocar a lampada
d) consertar o chuveiro
e) Servem Pra nada. eu posso fazer tudo isso sozinha.
f) servem para serem feitos de trouxa


Coisas que você adora sobre homens:

a) seu pênis
b) sua personalidade
c) sua ausência

Quando você se masturba:

a) você pensa em homens
b) você pensa em mulheres
c) você pensa em homens e mulheres, todo mundo junto e você no meio.
e) eu não me masturbo. Na verdade eu me masturbo mas eu tenho vergonha até de pensar sobre isso.
d) eu não me masturbo. Sério, não me mastubo mesmo! sério!

Sobre maquiagem:

a) não saio de casa sem
b) uso as vezes, pra sair, essas coisas.
c) Nem tenho.
d) isso é coisa de bixa


RESULTADO:
se você se deu ao trabalho de ler isso até o final: você é sapatão.
se você não leu até o final, mas você visita esse blog: você é sapatão.
se você leu até o final, e não é sapatão, visita esse blog, e não é sapatã
o: você só pode ser um tarado punheteiro. Vaza irmão! Seu pênis não é bem vindo aqui...

E uma coisa que sempre me perguntam é : 

 o q vc tem a dizer para sapas que tem o gaydar quebrado? meeeu, sempre erro... fico meio assim de investir numa menina q talvez-parece-mas-não-sei-se-é-tudo-é-tão-confuso...

 Respondendo ...

*  São 2 opções :
1 - Vai na FÉ!
2 - faz aqueeeela pesquisa de campo...

O meu gaydar deve ser made in Paraguay, por que não funciona muito... Então não posso dar conselhos, o máximo que posso fazer é falar da minha experiência... Levando em conta o que eu vivi, a unica coisa que posso te dizer é que: quando o assunto é mulher A GENTE NUNCA SABE! Tudo é possível...

Levar um puta fora as vezes daquela mina que voce tinha CERTEZA que não só era sapatão, ativa, como estava suuuper afim de você, acontece vez ou outra, normal!

Como tambem acontece, de você descobrir que aquela menina, filha da dona Rosa, crente da igreja batista, so usa vestido estampado na altura de joelho e não assiste a globo "por que é a emissora do capeta", e nem vai no carnaval por que a "Ivete tem pacto com o Demo", É UMA SAPATÃO DE MARCA MAIOR, e a única mulher que ela não comeu ainda é a sua mãe (até onde você sabe)... Inclusive você descobre tambem que aquela tua ex vadia enturmada com as pessoas tava tendo um caso com ela, e aquele papo de grupo de jovem era balela... E você sapa assumida e descolada, levou um pé por causa da menina que so anda de vestido estampado!   ta exagerei...  Mas é só pra perceber... Quando o assunto é mulheres tudo é possível...
O texto a seguir é um conto real que aconteceu com uma amiga... E como achei a história interessante resolvi postar...

"Xana Gêmea" VÉRSUS "Dignidade pra quê?"


Acho que preciso fazer análise... Começo a acreditar que a arrogância me atrai... E além desse sintoma, descobri que ainda não paguei nem metade dos meus pecados... Estava eu, e toda minha beleza e graça (momento-eu-me-acho-mas-não-sou) na #boatchy... era uma balada gay... Só meninas... Era o paraíso das sapas vivas... Enfim, eu estava no fumódromo, a parte aberta da balada, onde o pessoal que mantém a industria farmacêutica da quimioterapia funcionando se encontra... Enfim, estava eu, fumando meu cigarrinho e olhando o horizonte...Numa pose bem bitch... Sim, eu estava me sentindo sexy aquele dia..Eis que, entre uma tragada e outra ela surge... Minha vagina sorriu...
Meu primeiro pensamento foi: Caracas “mermão”, o que era aquilo?  Meu segundo pensamento foi: será que ela daria Pra mim? - Meu terceiro pensamento foi a música  do CharlieBrownJunior Acho que é hora de uma aproximação, de um diálogo sobre essa condição, essa história de pirar meu cabeção enfim, voltei a mim, e com a trilha sonora na cabeça me indicando o que fazer, resolvi que era hora de agir... Afinal, eu nunca teria a chance de ver ela pelada se continuasse ali mentalizando a musica do CBjr....
 Peito pra fora, bunda pra fora também, e barriga, pra dentro, beeem pra dentro... Apaguei meu cigarro pisando na pontinha com a minha sandália preta de salto alto agulha chiquérrima que eu mal conseguia me equilibrar em cima... Mas fui...
    Durante o looongo trajeto de apenas poucos metros que eu tentei percorrer com a maior graciosidade possível, tentando me equilibrar na maldita sandália, sem parecer uma pata manca, eu pensava na minha melhor cantada... Me aproximei dela e quando eu já estava pronta pra dizer: “Oi gata, Você vem sempre aqui” =p ela me olhou com aquela cara de #TeConheço? 
- Na hora eu saquei a minha “melhor cantada” não iria colar com aquela garota... E muito menos o velcro dela com o meu... Resolvi não arriscar e fazer o tipinho amigavelmasquerotecomer... Sempre funciona... A não ser que a menina seja do Sul...  Se for de Porto Alegre ou Curittibana então, reze para vocês serem formalmente apresentadas... 
 Enfim... Fiz uma carinha fofa e perguntei: “oi... ah... é... hum... você sabe onde é o banheiro?”
    Ela me olhou com aqueeela cara e disse: “harram, é aqui oh, na sua frente...” Poutzzzz eu tava tão enfeitiçada com a menina que nem me toquei que ela estava na frente do banheiro...
    Tentativa de aproximação nº 1 = #FAIL...
  Mas ah, eu não desisti não... Quando eu cismo que eu vou comer alguém, EU CISMO!
    Pensei: “Deixa ela beber um mais pouco, quem sabe assim eu fico mais bonita...
    A balada não era grande, então dava pra circular tranqüilo, e volta e meia eu tinha que“topar” com ela... Meio de longe fiquei acompanhando quantas cervejas ela tomava... Para minha sorte ela bebia muito... Graças a Deus.... Eu sei, lendo isso vocês devem estar achando que eu sou algum tipo de sociopata, mas sabe como é...
A certa altura da noite eu notei que ela já estava bem mais bebada amigável... Sorrindo mais... Rindo mais.... Falando mais.... Tudo mais... Até os peitos dela apareciam mais... #adoro... Infelizmente ela era aquele tipo lésbica abelha rainha sabe? Cheia de abelhinhas em volta... #Saco...  Teve uma hora, que milagrosamente ela ficou sozinha... Pensei: É AGORA... LÁ VEM O GOLPE... Caminhei com todo o meu poder, apesar de os meus pés estarem me matando, e tentei parecer tão glamurosa e indiferente quanto ela... Mas eu não resisti, a máscara caiu... Passou uma menina na nossa frente, bem bonitona... Bem mais bonita do que ela aliás, e é lógico que ela sabe disso, afinal, todas temos espelho... Vendo que ela olhou mal intencionada para a menina eu Eu olhei pra ela e falei: “é... se você não estivesse aqui essa menina seria a mais bonita da balada” menti... rs
 Ela deu um sorrisinho discreto com o canto da boca.
    -Como é teu nome? – perguntei.
    -Fulana. Ela falou. Mas não perguntou o meu. Antipática.
    -O meu é ciclana. Prazer Fulana.
    -Prazer.
Eu fui dar um beijinho de prazer... Ela me deu um e afastou... Eu olhei pra ela e falei: Na minha terra são 3... dois na bucheca e um na boca... Sorri... Ela riu, e me ignorou, fingiu que não tinha escutado a ultima parte e deu mais um gole na cerveja... Putz... Eu tenho uma bronca com mulher difícil... Eu sou da lei do menor esforço sabe? Gosto das fáceis... Das que chegam te encoxando... Mulher safada? #Adoro! Mas ela, sei lá, tinha alguma coisa diferente nela... Embaixo daquele ar hipócrita de superior, alguma coisa me encantava...
Tive que apelar para a minha arma secreta: psicologia reversa... Eu não gosto de joguinhos, geralmente eu chego chegando... Comigo é mais ou menos assim: Quer??? Quer!!! Não quer?♪♪Tô solteira em Salvador! ♪♪  Mas essa menina valia a pena o esforço. Tive que transformar o meu sangue latino em sangue de barata...
Me afastei e continuei a galinhar socializar com o resto da balada... Eu não sei se ela era tímida ou se o ego dela era muito grande... (eu sempre acabo com as narcisistas) ou se ela tava cagando e andando pra mim mesmo... Eu só sei que, apesar de a ultima possibilidade ser válida, ela ficava só me olhando que eu vi....
 E o tempo passando. 4:50 da manhã e eu ainda não tinha pegado ninguem... Era chegada a hora de aplicar o métdo UTI = ultima tentativa do individuo... Ía chegar junto e se ela não me quisesse mesmo eu pegava uma outra só pra não sair no zero a zero... Odeio sair da balada no zero a zero...  “eu só vim pra dançar” o cacete!   “Eu vim pra galinhar” mesmo! Porra, to solteira, meus peitos estão em pé e eu paguei 35 na depilação, vou ficar sozinha? JAMAIS...  Tenho que aproveitar meu investimento! Afinal, eu arreganhei minhas pernas pra uma estranha feia pra porra chamada Joana pra ela não me lamber e ainda arrancar meus pentelhos sem piedade pra nada? Não, não nesse mundo capitalista... Os meus 35 Reais e a mão pesada da Joana não podiam ter sido em vão...  Estava decidido, eu engoliria o meu orgulho e ía Lá babar o ovo da narcisista... 
 Enquanto eu a procurava, eu já ia pensando no tipo de conversinha barata que podia jogar pra cima dela... Mal sabia eu o que me esperava... Eu andei, andei, e não a encontrei... Mas para minha surpresa, Deus seja louvado, ela me encontrou... Estava eu, andando, olhando para os lados, procurando por ela, quando ela apareceu do nada, me encostou na parede me deu um puta beijo... Pensei; - gente, ela deve estar no sistema UTI também... Não importa... PEGUEI... A gente se beijou horrores naquele cantinho... O negocio de beijar encostado na parede, é que parede é o seguinte, tendo um ponto de apoio, a esfregada é inevitável... Sabe como é, Lei da física Lésbica... Eu apertei os peitos dela (tava escurinho mesmo) ela pegou na minha bunda...  e as nossas passarinhas praticamente voando pra fora pelo zíper... Foi aquela putaria que eu #adoooooro...  Minha vagina já estava dando gargalhadas de felicidade, quando acenderam as luzes da balada... Ela olhou pra mim e disse; - Tenho que ir... Me deu um beijinho e foi saindo... Eu: - eiii (fiz a carinha do gatinho do Shrek) - me da seu numero? Ela falou SECA, CURTA e GROSSA . XXXX-XX-XX e foi embora enquanto eu ainda anotava...
 Pensei: Antipática! ... Mas é gostosa viu!
    No outro dia fiz a Desesperada e mandei uma mensagem... Ela não respondeu... No outro outro dia, liguei... Ela atendeu...
    Eu: oi fulana, tudo bem? É a ciclana, da balada de anteontem...
    Ela: oi ciclana, tudo bem sim... E você? Num tom de voz mais frio que a Sibéria. A cara da frigidez...
    Eu: te mandei uma mensagem ontem, queria te chamar pra sair, mas você não respondeu...
    Ela: a mandou foi? Não recebi não!
   MENTIRA que meu celular avisou que ela recebeu... Mas tudo bem... Deixei ela pensar que estava me enganando, afinal, eu já peguei outras narcisistas,  esse tipo de coisa pra mim é fichinha...
Eu: poizé, mandei... Poxa que pena que você não recebeu... Deve ser meu celular, ele ta meio ruim mesmo... Mas e aí você ta fazendo o que? Queria te convidar pra jantar comigo...
    Ela: ah, to numa festa aqui em tal lugar (=na puta que pariu) Se você quiser vem aqui... (Sentiu o “KISS MY ASS” nas entrelinhas da fala dela?) Eu senti, mas a essa altura do campeonato eu já tinha perdido a vergonha na cara mesmo, resolvi enfiar meu orgulho na bunda e ir lá, afinal, eu não ia pegar ninguém aquela noite mesmo... Tomei um banho rápido priorizando os países baixos, me arrumei correndo e me locomovi pra puta que pariu pra ir atrás  da mulher... Chegando La na tal da festa, dei de cara com ela na porta que me falou com a cara mais lavada do mundo: Já acabou, tô indo embora! Putz, nessa hora eu já tava amarela de tanto sangue de barata circulando nas minhas veias...  A essa altura Eu já estava louca pra xingar a mãe dela, mas eu me segurei, respirei fundo, e falei: Então tá... eu te dou uma carona, vem? Vocês podem imaginar que a essa altura do campeonato, percebendo todo o meu esforço ela já estava se achando a bala que matou John Lenon, e eu estava me sentindo como se eu devesse tatuar LOSER na testa...
Enfim, entramos no taxi... Se eu fosse homem eu falaria: “ou dá ou desce”, mas eu sou mulher e sou uma lady com educação suíça e sangue de barata, então eu falei, - então linda, pra que lado você mora?
... Quando eu pensei que eu já estava quase chegando “no Acre” (ela morava longe) chegamos na casa dela...
    Eu: - pronto linda, tá entregue... Boa noite ta?!
    Ela: você vai pra casa?
    Eu: pra casa? Não! Não! Uma amiga minha me ligou mais cedo disse que ta rolando uma festinha lá na casa dela. (mentira) Eu não ia por sua causa né, mas ... acho que agora eu vou...
   Ela: hummm... você quer entrar um pouquinho? (Não sei se foi o sentimento de culpa por eu “perder uma festa” por causa dela, ou só por que ela tinha nada melhor pra fazer mesmo)...
   Eu: (#Facílima) ah... pode ser então! (disse com um sorriso igual de criança em manhã de natal)...
 Notem que ela não fez nenhum esforço... O único esforço que ela fez pra me ter foi nascer... Mas tudo bem... Nessa estória eu não sei quem presta menos, se sou eu ou ela... Entramos... Fomos para o quarto... Ela ligou a TV e deitou na cama... Falou que eu podia deitar também... A gente começou a conversar sobre assuntos nada interessantes e altamente entediantes – nada adequado tendo em vista que estávamos numa cama... Vou resumir porque esse post já esta muito grande pro meu gosto... Depois de falar sobre trabalho, vida, família, homosexualidade e blá, ela resolveu dar pra mim... EBAA !Colamos horrores e dormimos de conchinha... 

Fatos que vocês precisam saber ao fim dessa estória:

Fato 1: eu não tenho um pingo de vergonha na cara e passei longe de entender o que vem a ser amor próprio...
Fato 2: ela é uma narcisista egocêntrica com um ego do tamanho da bunda dela, que graças a deus é também enorme. (e olha que eu nem gosto de bundas enormes, mas nela caiu bem)...
Fato 3: ela não é nada mais do que uma filha da puta com belos peitos.... E que peitos!
Fato 4: eu acho que estou apaixonada... Porque apesar de ela ser quase insuportável eu não consigo parar de pensar nos peitos dela... E dizem que amor é isso Né? É você gostar da pessoa APESAR do que ela é... Seria ela, com toda a sua petulância, minha Xana Gêmea? Depois de ter um caso o capeta de saia (a novinha problematica minha ex peguete) eu mereço a presunção em forma de gente Meu Deus?
Sendo amor ou não , eu sei que esta balada entrou pra história e que histórias eim... rs
Ao abrir hoje a minha ask me deparei com uma pergunta de um Anonimo:

Vc ñ tm vergonha de escrever assim tão descaradamente em seu blog?
Vc ñ tm vergonha de ser um sapatão do caralho???? descarada sem pudor, se valorize porra......


A minha primeira reação ao ler isso foi : HAHUAHUAHUAUUAHUAHUHAHUAUHAHUAHUAUHAUHAHUAHAHUAHUAHUAUUAHUAHUHAHUAUHAHUAHUAUHAUHAHUAHAHUAHUAHUAUUAHUAHUHAHUAUHAHUAHUAUHAUHAHUAHAHUAHUAHUAUUAHUAHUHAHUAUHAHUAHUAUHAUHAHUA

Mas depois observando tamanho interesse mera curiosidade do Anonimo na assunto parei de dar risada e resolvi lhe responder com todo o respeito no seguinte Post :

Querido anônimo, tendo em vista todo o seu esforço para expressar rancor, achei justo saciar a sua curiosidade:

"vc ñ tm vergonha de escrever assim tão descaradamente?" 
Resposta: NÃO... Não mesmo....

"vc ñ tm vergonha de ser um sapatão do caralho????"
Resposta: NÃO... Na verdade, eu ADOOOOORO....

"descarada sem pudor"
Resposta: Isso porque você ainda não me viu na cama hein... Safadênha... Safadênha! Rs

Haha esses Anonimos que ficam na madrugada visitando meu blog escondido ainda me matam de rir viu...  rs

    Ela dormiu....
No calor dos meus braços...
 Huum !
E eu acordei sem saber...
Se era um sonho....
40 lésbicas ou Bi que você nem imaginava...

quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

TROCANDO CASAIS

Dois casais, amigos de longa data, estavam jogando cartas quando um dos rapazes, repentinamente, sugere:
— Por que a gente não experimenta fazer uma troca de parceiros?
— Boa idéia! — respondem todos.
E cada dupla se tranca num dos quartos. Duas horas depois, o dono da casa declara:
— Puxa, já fazia um bom tempo que eu não sentia tanto prazer! E você?
— Eu também!
— Eu só estou curioso para saber uma coisa...
— O quê?
— O que será que as mulheres estão achando?
Diálogo sobre Bi

- É verdade que entre as lésbicas existe um preconceito contra as bi ?? Tudo isso é medo de ser trocado por um homem ?? rs
- Não se trata de um preconceito e muito menos medo... Mas se ela é bi, pode ter saido com um homem na noite anterior.... Se pensar por esse lado da um nojinho... rs
- Então quer dizer que vocês lésbicas só saem com uma bi em ultimo caso ??
- Posso ser sincera contigo... A gente fala e fala mal das bi...  Mas elas continuam nos pegando horrores e la no fundo a gente adoora isso...

Incrível que foi só eu divulgar aqui no blog o que as lésbicas nao assumidas ainda  hetero indignadas falaram que logo vem outro chingamento...  Haha vem no blog " detestam "....   falam mal ... ai no outro dia voltam no blog de novo... haha quem é que entende isso....  E o pior é que chamam a mim e a meu blog de vulgar...  Mas quando eu li:   "ainda por cima é vulgar" ... Eu logo pensei :
Pensamento1: "Falou a finesse em pessoa agora! "
Pensamento2: "Vulgar? euuuu? poxa, mas eu ainda nem postei aquela minha foto fazendo a minha pose de gata selvagem o_O" Rs
Pensamento3: "é vulgar, mas você gosta né? Afinal esta visitando o blog diariamente... rs
Mas não se preocupem queridinhas... Eu não ligo pro Anonimato de vocês...  Só tomem cuidado por que se alguem pegar vocês visitando um blog sapata , pode não entender que vocês são só " heteros indignadas " que visitam o blog por pura curiosidade... hehe

 E como sempre as pessoas que querem sair do armário e não assumem isso  heteros indignadas vem me questionar em privado sobre o conteúdo do blog...  Pensando em tudo que me disseram, surgiram algumas duvidas : Se vc não gostam de outras garotas... Acham ofensivo e nojento o conteúdo do blog...  por que gastam seu tempo em um blog sapatão lendo as coisas que eu posto ????
Haha vai entender né...  Pra mim estas pessoas estão louquinhas pra libera geral ... Entrar pro nosso time e se jogar pra fora do armário.... são meras curiosas que só querem aprender mais sobre o assunto...  Rs ... Vai que cola o migué.... rs

terça-feira, 29 de janeiro de 2013

E depois de muito tempo finalmente você foi fazer sexo... 

Ela era passiva... 
Você também...

Tenso ## 


Tem gente que não vive sem um “cacho”, uma peguete, um amor pra chamar de seu mesmo que seja por um único fim de semana. E nós, que dirigimos as nossas scanias, SUV’s e afins somos campeãs em encontrar o amor da vida logo após o primeiro beijo na boca. Basta ver uma gata na balada, na faculdade, sermos apresentadas e ela ser minimamente interessante, e já começamos a pensar na lista de convidados do nosso casamento.

E a paixão arrebatadora/amor da vida dura até: ( ) ela se mostrar desmiolada ( ) ela se mostrar confusa ( ) ela se mostrar possessiva ( ) ela dar mole para outra ( ) ela não ser assumida para a família ( ) você ser assediada por outra ( ) você começar a gostar de outra (X) a maioria ou a totalidade das alternativas anteriores. E acredite, este processo é muito rápido.
Eu, que não faço parte do grupo de princesas Disney que acredita em contos de fadas, nem sou tão ogra quanto o Shrek,  mas estou ali entre uma coisa e outra, particularmente considero esse sistema de gostar e desgostar normal.Acredito que isso faz parte do processo de evolução e autoconhecimento necessários para amadurecermos, saber quem somos, o que esperamos de um relacionamento. É claro que quando a gente gosta de alguém e não somos correspondidas à altura isso dói. Assim como pode doer quando alguém gosta da gente e não retribuímos, mas, sinceramente: ninguém é obrigado.
Você pode acreditar que duas pessoas lindas e subjetivamente interessantes podem ficar para sempre juntas simplesmente por serem lindas e subjetivamente interessantes, mas outros fatores serão cruciais ao longo dessa história - que pode ser curta: interesse mútuo x desgaste x diferenças de personalidade x objetivos de vida distintos e eu poderia continuar aqui citando uma lista mais longa que a de presentes do casamento que você já pensou com todos os amores da sua vida…
Talvez hoje seja mais difícil manter um relacionamento que há 20 anos? Pode ser, não sei; 20 anos atrás minhas preocupações eram com o sabor do suco que eu levaria na lancheirinha pra escola no dia seguinte. Mas há 20 anos não tínhamos Twitter, Facebook, smartphones e aplicativos que aproximam estranhos com toda a facilidade do mundo. Hoje você pode encapsular o seu amorzinho e mantê-la em cárcere privado por todo o sempre, ou encarar que mesmo que ela não esteja buscando, dezenas, centenas, quiçá milhares de pessoas têm acesso rápido a ela todos os dias. A concorrência está acirrada. Isso é bom? Ruim? Bom ou ruim, a concorrência, mesmo nos assuntos do coração, é um fato irrefutável. A dica é: seja você, dê o seu melhor e aprenda com os momentos sozinha ou muitíssimo bem acompanhada. Do dia para a noite tudo pode mudar para melhor ou para pior, e estar preparada significa apenas ter a consciência de que tudo o que pode acontecer não está sob o seu controle. Viva e curta os melhores momentos de cada uma das situações; lá na frente você ainda vai achar graça de tudo.
Depoimento de uma lésbica...


Meu nome é Megan. Sou uma garota, mas sou quase um garoto. Na verdade, é o que dizem por aí. Só por que eu uso samba-canção e namoro outra garota. Sim, eu sou lésbica. Eu não escolhi isso e acho que ninguém escolhe. Não é aquela coisa de acordar um dia e dizer: “Ah, eu quero ser lésbica” e pronto. Não é assim de jeito nenhum.
Tem gente que acha que ser homossexual é modinha. E tem gente que acha que chamar um heterossexual de gay é ofensa. Então ta, a palavra gay agora virou xingamento. É isso? Eu não entendo por que as pessoas se ofendem com isso. Se você é, que seja. Se não, então qual é o problema?
Eu não posso dizer que nunca me interessei por um garoto, pois isso seria uma mentira. A gente não vira homossexual de uma hora para outra. É aos poucos. Eu, por exemplo, achava que nunca ia ser lésbica. É claro que eu não repudiava como outras pessoas por aí, mas achava que isso era impossível. Mas acho que um dos motivos pelo qual me tornei lésbica foi a decepção que eu tive com os homens. Fui apaixonada por vários e muitas vezes não fui correspondida ou era tratada mal. Eu não tive sorte com eles, mas quando eu conheci Tina, tudo ficou diferente. Primeiro, ela foi minha melhor amiga. É quase sempre assim que acontece. Eu dormia na casa dela e ela na minha. Éramos inseparáveis e nunca ninguém desconfiou, mesmo depois de estarmos juntas. Íamos para tudo quanto é lugar juntas: festas, bares, boates, compras, cinemas. Tudo. E foi assim que começou. Sentimos atração uma pela outra, e nenhuma das duas tinha tido experiências desse tipo. Éramos principiantes, digamos assim.
Nós nos damos muito bem. Eu a amo muito e ela me ama também. A reciprocidade sempre foi o nosso forte. Mas nós temos que aguentar o preconceito dessa sociedade hipócrita. Nunca fingimos que não somos namoradas. Não somos aceitas, mas não é por isso que eu escondo o meu amor por ela. Estamos sempre apoiando uma a outra e juntas estamos lutando contra o preconceito.
Eu acho que um dia as pessoas vão entender. Elas têm que considerar todas as formas de amor. Enquanto isso não acontece, eu continuo amando Tina e nada nem ninguém vai me arrancar esse amor, pois está bem cravado no meu peito como raiz.

segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

Quando você é gay, nasce com anteninhas de vinil que detectam o perigo! 


Mas, infelizmente, tem gente que vem com o gaydar quebrado. Não adianta discutir, tentar fazer a pessoa enxergar os detalhes invisíveis que você facilmente identifica… ela não tem gaydar. Simples assim.
A garota que não tem gaydar não consegue identificar outra lésbica ou bissexual pelo olhar lançado na pixxxta, pela jeito de falar, pelo leve toque, por nada. Eu, por exemplo, nunca acerto com homens gays, mas com mulheres… identifico a milhas de distância! É só aparecer no mesmo bairro que apita e, dependendo, até explode e deixa meu gaydar em cacos no chão.
Já que eu tenho essa facilidade toda, tentei me colocar na posição de alguém que está saindo do armário agora e precisa encontrar as colegas na multidão. As dicas que vocês verão agora são bem clichê, meio generalizadas, mas são fáceis de perceber e vão te ajudar!
 1. O CLICHÊ AINDA FUNCIONA: Cabelo curto, unhas curtas, escuta AnaCarolina-CassiaEller-AdrianaCalcanhoto-PretaGil-DanielaMercury-ZéliaDuncan, toca tudo isso no violão, usa top, tem muitas tattoos, o estilo é mais alternativinho, senta de perna aberta, não usa nada de maquiagem, não se manifesta nos debates sobre bolsas, não sabe o nome do garoto mais bonito da sala, usa cueca em vez de calcinha, só tem mulher adicionada nas redes sociais,nunca aparece com um namorado, tem beleza de panicat mas dá fora nos caras, mesmo bonitos…
Até foge um pouco dos princípios do Sapatômica, mas as lésbicas clichês existem e ninguém pode negar. A garota atende a pelo menos três itens dessa lista ou mais (ou todos)? Pode apostar!
2. A INDIFERENÇA COM OS HOMENS: Lésbica não é aquela garota que vê um homem pelado na tv e diz “Que nojo”. Essa é a amiguinha que tá no armário ou que faz a linha puritana insegura. A lésbica não se manifesta, ela não esboça uma única expressão, nenhuma linha do rosto dela se move quando os glúteos malhados do galã global pulam na tv 734 polegadas de Led. Ela é toda tédios.
3.  AS MÃOS DELA TEM VIDA PRÓPRIA: Ela pode estar conversando com a amiga sobre gastronomia, sobre ciência, o jogo de futebol de ontem, os surtos da mãe, a faculdade, o dinheiro do taxi pra ir embora, a caipirinha que tá gostosa… tanto faz. O que importa é que as mãos dela encontrarão uma conversa muita íntima em algum universo paralelo que inclua a necessidade de encostar na amiga. Ela vai pegar no cotovelo dela pra começar um assunto, ela vai colocar a mão na perna dela pra fingir que está brincando com a costura do jeans, ela vai colocar a mão na cintura toda vez que passar por ela como se não existisse espaço o suficiente e essa fosse a forma de ela dizer “com licença”; se uma mexa do cabelo cair no rosto, ela vai arrumar.
4. OS LUGARES FREQUENTADOS: Toda cidade tem o núcleo gay. Aquele lugar onde os bares, baladas, botecos, lojas, galerias e calçadas são completamente gays. Claro que tem heteros que frequentam baladas gays porque acham divertidas, etc. Mas existe um limite pra isso. Se ela SÓ frequenta ambientes gays… não dá pra enganar.
5. ELA FALA O DIALETO: Nós homossexuais temos gírias próprias. Se você ainda não conhece e não usa, ainda vai usar. Dizer coisas como: Ahaza, se joga, loosho, bee, egípcia, elza,aquenda, pajubá, picumã, brejo, biscoita, sapatonice, caminhão, dyke, sapatilha, passiva, ativa, relativa, rasha, boy/girl magia, boy/girl magia negra, cêjura, uma thurman, bapho, torta de climão; trocar “x” por “sh”; e por aí vai!
6. ELA DIZ “PESSOA”: Se você quer saber se a garota é do babado, mas ela não é assumida,provavelmente ela vai se referir às ex-namoradas ou peguetes como “pessoa” ou vai fugir do assunto dizendo que é complicado.
7. ELA É ‘CAVALHEIRA’: Toda lésbica tem esse espírito cavalheiro de querer levar a bolsa, segurar o peso, dar lugar pra sentar, abrir a porta, andar no lado de fora da calçada, dar presente, elogiar, comentar que fulana cortou o cabelo e ficou bonito…
8. OS OLHOS DELA CIRCULANDO O AMBIENTE: Mulheres também ‘secam’ outras mulheres, só que de um jeito mais discreto. Repare em como ela se posiciona nos ambientes. Perceba se ela sentou na cadeira que fica de frente pra mesa da bonitinha no outro corredor ou se ela resolveu coçar a nuca virando o rosto pra esquerda bem depois que uma garota bonita passou do lado. Ela está numa sala, entra um cara pela porta e ela olha rapidamente ou nem levanta a cabeça, entra uma mulher logo em seguida e ela levanta e dá uma olhada da cabeça aos pés bem rápida. Ou ela senta bem de frente pra amiga gatxénha, conversando olho no olho, bem compenetrada. Mulheres heteros não ficam compenetradas nas amigas!
9. ELA RIU DA PIADINHA: Sabe ambiente coorporativo onde junta aquele monte de homens que fazem piadinhas bobas sobre mulheres? Não é machismo. Eles fazem isso. E sapatão também faz. Aí é que tá!! Se ela for do babado, vai entender a piada do cara e vai dar uma risadinha sem querer. Não é que mulher hetero não faça piadinha… é que não faz ESSE TIPO de piadinha.
10. ELA É BISSEXUAL: Esqueça todas essas dicas e espere ela dizer ou pergunte de uma vez.Bissexuais exigem um nível muito mais avançado de feeling e um gaydar extremamente aguçado.
Em último caso, faça uma piadinha de duplo sentido com o tema “dedos” e espere pela reação.Esse teste nunca falha! Haha